Problemas econômicos da China podem afetar a Alemanha, alerta Bundesbank

Os problemas econômicos da China podem também afetar a Alemanha, segundo relatório mensal divulgado nesta quarta-feira, 24, pelo Bundesbank, como é conhecido o banco central alemão.

Simulações do Bundesbank indicam que uma eventual crise econômica na China poderá derrubar o Produto Interno Bruto (PIB) alemão em 0,7% no primeiro ano e mais 1% no segundo ano. Isso se deve principalmente aos laços comerciais com a China, que enfrentaria uma queda geral nas exportações em meio ao enfraquecimento da demanda global, diz o documento.

Ainda no relatório, o Bundesbank aponta que as relações entre países ocidentais industrializados e a China se deterioram de forma perceptível recentemente em meio a tensões geopolíticas.

Para o Bundesbank, uma crise chinesa acarretaria um cenário difícil para a economia alemã, mas "suportável", enquanto a hipótese de Berlim se desassociar totalmente da China teria um impacto "significativamente maior" na Alemanha, na "indústria, em particular".

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes