IPCA
0.43 Fev.2019
Topo

Entenda o que é o risco-país usado no mercado financeiro

Do UOL Economia, em São Paulo

2011-06-15T15:33:51

15/06/2011 15h33

O chamado risco-país reflete a percepção de segurança que os investidores externos têm em relação a um país.

Os governos recorrem ao mercado internacional para lançar títulos. Com esses papéis,  tomam dinheiro emprestado de investidores a uma determinada taxa.

Os países "competem" pelos recursos dos investidores, e a taxa de remuneração desses papéis depende do risco de cada nação.

Um país que tenha um histórico de pagamentos em dia capta dinheiro a uma taxa muito inferior do que outros com problemas recentes de crédito. Os Estados Unidos têm o menor risco-país.

O banco JP Morgan criou em 1993 o Embi+ (Emerging Markets Bond Index Plus), ou Índice de Bonds de Países Emergentes, que mede o grau de risco.

Quanto maior for o número, pior é a situação do país, porque ele indica o risco de calote. Toda vez que o indicador cai isso significa que a percepção do mercado sobre a nação melhorou.

Na prática, um risco em torno de 200 pontos significa que o governo tem de pagar juros de 2% a mais do que os Estados Unidos para conseguir empréstimos no exterior.

Mais Economia