PUBLICIDADE
IPCA
0,21 Jan.2020
Topo

Economia brasileira cresce 2,7% em 2011

Do UOL, em São Paulo

06/03/2012 09h03Atualizada em 07/03/2012 18h04

A economia brasileira cresceu 2,7% em 2011, com um crescimento de 0,3% no quarto trimestre e após ter encolhido no terceiro trimestre --antes havia sido informada uma estagnação nesse período. Os resultados foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta terça-feira (6).

O desempenho anual não atingiu a estimativa do governo. O ministro da Fazenda, Guido Mantega, declarou em dezembro que o crescimento deveria ficar entre 3% e 3,5%. Já o Banco Central (BC) divulgou em relatório que acreditava em uma alta de 3%.

O resultado também ficou bem abaixo do crescimento registrado em 2010, de 7,5%. Naquele ano, o PIB (Produto Interno Bruto) teve um forte crescimento motivado pelo fraco desempenho registrado um ano antes e pelos estímulos dados pelo governo. Já em 2011, o resultado da economia foi afetado, em boa parte, pela crise econômica global e pela inflação no país.

Em novembro do ano passado, o governo já havia reduzido de 4,5% para 3,8% a previsão de crescimento da economia em 2011. O motivo alegado foi a deterioração do cenário econômico externo.

Em valores correntes, a soma das riquezas produzidas no Brasil em 2011 chegou a R$ 4,143 trilhões no ano passado.

Economia encolheu no 3º trimestre

Além de divulgar o resultado do quarto trimestre de 2011, o IBGE também revisou o desempenho da economia brasileira no segundo e no terceiro trimestre. Esse tipo de revisão é comum.

O Produto Interno Bruto (PIB) do país recuou 0,1% no terceiro trimestre de 2011 sobre o segundo, desempenho revisado para baixo em relação ao crescimento zero anunciado anteriormente. 

O IBGE também revisou o crescimento do segundo trimestre de 2011 sobre o primeiro, para uma expansão de 0,5%, ante crescimento de 0,7% divulgado antes. 

Já no quarto trimestre, a economia brasileira cresceu 0,3% em comparação com o terceiro. Em relação ao mesmo período de 2010, o Produto Interno Bruto (PIB) registrou expansão de 1,4 por cento no último trimestre.   

6ª maior economia do mundo

Um crescimento de apenas 0,7% em 2011 já seria suficiente para que o PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro ultrapassasse o do Reino Unido, tornando o Brasil a sexta maior economia do mundo, segundo cálculos feitos a pedido da BBC Brasil pela consultoria IHS Global Insight, com sede nos EUA.

Cálculo do PIB

Para calcular o PIB, são considerados todos os bens e serviços produzidos em um país durante certo período. Isso inclui do pãozinho até o apartamento de luxo.

O índice só considera os bens e serviços finais, de modo a não calcular a mesma coisa duas vezes. A matéria-prima usada na fabricação não é levada em conta. No caso de um pão, a farinha de trigo usada não entra na contabilidade.

Um carro de 2009, por exemplo, não é computado no PIB de 2010, pois o valor do bem já foi incluído no cálculo daquele outro ano.

(Com informações da Reuters)

Economia