Bolsas

Câmbio

Ouça o Giro UOL Economia com os destaques desta terça, 26 de abril

Lucas Menegale

Do UOL, em São Paulo

Mercado financeiro

Depois de três quedas, a Bovespa se recuperou e fechou em alta de 2,35%, com 53.082,50 pontos. O resultado foi puxado pelo desempenho positivo das ações da Petrobras, da Vale e dos bancos, que avançaram mais de 3%.

Já o dólar registrou queda de 0,83%, cotado em R$ 3,519. Foi a segunda baixa seguida e mais uma vez o Banco Central não atuou no mercado de câmbio.

Leia mais

 

Empresas no vermelho

As 25 maiores empresas de capital aberto do Brasil acumulam mais de meio trilhão de reais em dívidas que precisam ser pagas até 2020. O levantamento foi feito a pedido do governo federal.

Boa parte dessas companhias terá de refinanciar as dívidas, e isso preocupa o governo e os grandes bancos privados. As empresas vão enfrentar dois problemas: juros mais altos no país e dificuldade de conseguir empréstimos no exterior. Para os banqueiros, o governo vai precisar intervir nesse cenário em breve.

Leia mais

 

Confiança do consumidor em baixa

A confiança do consumidor na economia, medida pela FGV, caiu pelo segundo mês seguido em abril. O índice foi para 64,4 pontos, um recuo de 2,7 pontos em relação a março. É o menor nível desde que a pesquisa começou a ser feita, em setembro de 2005.

Os fatores que motivam a preocupação dos brasileiros vêm da crise política e econômica e também da situação financeira das famílias.

Leia mais

 

Menos dinheiro do BNDES

O BNDES informou que desembolsou R$ 18,1 bilhões em empréstimos no primeiro trimestre de 2016. Isso representa uma queda de 46% em comparação com o mesmo período de 2015.

As consultas por novos financiamentos foram 7% menores na mesma comparação. Já as aprovações de novos financiamentos somaram R$ 13,5 bilhões, totalizando uma redução de 37%.

Leia mais

 

Taxa Selic

O Copom, o Comitê de Política Monetária do Banco Central, começou hoje uma reunião de dois dias para decidir a nova taxa básica de juros do país, a Selic. Esse é o terceiro encontro de 2016.

A taxa está em 14,25% ao ano desde julho do ano passado. Nas últimas cinco reuniões, o Banco Central decidiu manter a Selic no mesmo nível. Analistas de mercado acreditam que a taxa continue como está.

Leia mais

 

Economia da Rio-2016

A Receita Federal divulgou hoje as regras especiais sobre o pagamento de impostos para as empresas que vão ter benefícios fiscais durante as Olímpiadas do Rio. As informações foram publicadas no Diário Oficial da União.

Pela lei, foi concedida a isenção do pagamento de tributos federais em atividades vinculadas à organização ou realização dos Jogos, como por exemplo, as importações de bens, mercadorias ou serviços.

Leia mais

 

Voando menos

A demanda de passageiros por voos internacionais das companhias aéreas brasileiras recuou 0,68% em março, colocando um fim a 24 meses seguidos de crescimento.

A oferta desses voos também diminuiu 3,49%, o que levou a um aumento da taxa de ocupação das poltronas para 78,37%. As informações são da Abear, entidade que representa o setor.

Leia mais

 

Agenda

Amanhã é o segundo dia de reunião do Copom para decidir o novo patamar da taxa básica de juros, a Selic. O Banco Central também divulga o fluxo cambial de dólar no país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos