Bolsas

Câmbio

Catuaba Selvagem bombou na balada e no Carnaval e agora quer conquistar EUA

Thâmara Kaoru

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação

A Catuaba Selvagem foi criada há 26 anos, mas só nos últimos três reverteu a imagem negativa, de bebida de boteco, e começou a "bombar" em diferentes classes sociais, dividindo espaço com a cerveja nas baladas e no Carnaval das grandes cidades brasileiras. Agora, a marca tem planos de entrar no mercado dos Estados Unidos.

Em três anos, as vendas da bebida devem mais que dobrar, segundo a fabricante. Os dados de venda são os seguintes:

  • 2015: 16 milhões de litros
  • 2016: 28 milhões de litros
  • 2017 (estimativa): 38 milhões de litros

A ideia de vender no mercado americano surgiu no ano passado, segundo Marco Tulio Hoffmann, diretor-executivo da Arbor Brasil, que fabrica a bebida. A expansão para o exterior, porém, ainda não tem data para acontecer, pois depende de questões burocráticas.

A marca já criou uma empresa em Miami e pediu autorização para vender o produto por lá. Agora, aguardam a decisão. "Só após a aprovação é que conseguiremos fazer um calendário. Mas é um foco, uma meta e estamos correndo atrás disso", diz o executivo.

Após a aprovação, segundo Hoffmann, a marca deve investir em pesquisa de público e definir o tipo de embalagem e os pontos de venda. "Onde puder ser enxergado com traços fortes de brasilidade, talvez possa haver mercado promissor."

Sucesso entre jovens

Hoffmann diz que a virada da Catuaba Selvagem começou há cerca de três anos: antes, a marca era conhecida como bebida de dose, com consumo em bares; agora, passou a atrair também o público jovem, que gosta de sertanejo, funk e pop.

"De uns dois ou três anos para cá, explodiu a multiplicidade de consumidores", diz.

Bebida barata e com fama de afrodisíaca

A Catuaba Selvagem é a marca mais famosa da catuaba, bebida fermentada feita à base da erva de mesmo nome. A planta ganhou fama de ter propriedades afrodisíacas --o que não é comprovado cientificamente.

Além do apelo sexual, o baixo preço também ajudou a tornar a bebida popular no país. A garrafa de 1 litro custa de R$ 12 a R$ 14, e as garrafas de 300 ml custam entre R$ 4 e R$ 5. O teor alcoólico é de 14%.

Receita leva vinho tinto

A receita da bebida varia de acordo com o fabricante. A Catuaba Selvagem, por exemplo, leva catuaba, vinho tinto, extrato de guaraná e de marapuana, outra erva. No ano passado, a bebida ganhou também uma versão com açaí.

A Arbor Brasil tem fábrica em Teresópolis, no Rio de Janeiro, e em Flores da Cunha, no Rio Grande do Sul. Nessa última unidade é produzido o vinho tinto usado na Catuaba Selvagem.

Prisão de Eike

A Catuaba Selvagem também foi lembrada momentos antes da prisão do empresário Eike Batista, no final de janeiro.

Enquanto ele concedia entrevista a uma emissora de TV, um rapaz que estava no aeroporto de Nova York, nos EUA, gritou: "Vai tomar Catuaba Selvagem lá com seu colega [Sérgio] Cabral?".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos