Bolsas

Câmbio

Loja com itens para casa, kit de cerveja, farofa chique vira programa em SP

Thâmara Kaoru

Do UOL, em São Paulo

Uma loja que vende utensílios domésticos, itens de decoração e até algumas comidas chegou ao Brasil em dezembro do ano passado e está atraindo cerca de 10 mil visitantes por final de semana.

A Zôdio, que faz parte do grupo francês Adeo, mesmo dono da Leroy Merlin, fica na Marginal Tietê, em São Paulo, e virou uma opção de passeio para os paulistanos. A loja, que aluga até máquina de costura, fez pesquisa em lares brasileiros antes de abrir para ver do que os clientes gostariam.

"As pessoas têm vontade de descobrir o que é a loja. Na França, as lojas recebem mais mulheres. Aqui vemos muitas famílias e casais passeando. É mais um momento com a família do que para fazer compras", diz o diretor de loja, Yann Lordier.

Foi justamente para conhecer a loja que o engenheiro Ezequias Souza Fonseca, 52, levou sua mulher, Célia Fonseca, 50, e as duas filhas até a Zôdio. "Nosso interesse era ver piso e azulejo [na Leroy Merlin, embaixo da Zôdio], mas viemos aqui também. Acabou virando um passeio", diz ele.

"Estou adorando. A gente está construindo e, assim que a casa estiver pronta, vou voltar. Hoje vim só para olhar o que a loja tem e ver as novidades. Quando resolver a parte de acabamento, vamos voltar com certeza", afirma Célia.

Passeio com o neto para ver as novidades

A aposentada Sônia Ramalho, 62, levou o filho, o neto e a nora para conhecer a loja. "Eu sempre vou na Leroy. Às vezes, a gente vai lá só para passear e acaba levando alguma coisa. Essa loja aqui eu não conhecia, mas vai virar um passeio agora. A gente ama passear e ver as novidades", disse ela.

A nora de Sônia, a administradora Jane Santana, 42, reclamou dos preços. "Está um pouco caro. A gente quer passeio com possibilidade de gastar", disse. A sogra concordou. "Está lindo, mas está caro."

A cabeleireira Annelise Alonso, 31, também achou que alguns produtos estavam caros, mas diz que há praticidade.  "Eu faço muita coisa de artesanato e aqui tem tudo em um lugar só. Até acho algumas coisas mais baratas no centro, mas eu teria que ir para a 25 de Março, depois para a Sé e, depois, para outro lugar. São relativamente próximos, mas dá trabalho e não há conforto. Tem que colocar tudo isso no preço", disse.

Annelise estava acompanhada da irmã, Thamyris Alonso, 28. "Nosso irmão que falou da loja. Saímos para almoçar e decidimos passar aqui."

Loja vende farofa chique e kit para fazer cerveja artesanal

A Zôdio fica no andar superior da Leroy Merlin da avenida Presidente Castelo Branco, na zona oeste de São Paulo, e tem 2.500 metros quadrados. São 20 mil produtos entre água aromatizada de passar roupa, azeite a granel, kit para fazer cerveja artesanal, adereços para decoração e até farofa chique (saborizadas, meio quilo por R$ 32,90).

Na entrada da loja, o cliente encontra cômodos com decorações diferentes, como um banco servindo de prateleira e malas que viraram enfeites de parede.

"O intuito é mostrar que você pode fazer uma decoração descolada, muito bonita e diferenciada. Vamos ajudar cada pessoa a ter uma decoração que é a cara dela. Mostramos ideias para renovar a sua casa, para reutilizar o que já tem e reciclar", afirma o diretor-geral da Zôdio Brasil, Gauthier Lenglart.

Empresa visitou casas de brasileiros para saber o que vender

Segundo ele, para definir quais itens seriam vendidos na loja, eles foram conhecer o dia a dia de algumas famílias. "Para construir esta loja, nós visitamos 500 casas para saber o que as brasileiras precisavam, o que já tinham em suas casas e do que sentiam falta."

Entraram para a lista itens de cozinha, cama, mesa e banho, jardinagem, limpeza, bem-estar, beleza, decoração, artesanato, papelaria e produtos para organizar festas. 

Os produtos são divididos em seções ou ocasiões. Nas prateleiras de café da manhã, por exemplo, é possível encontrar não só cafeteiras e xícaras, mas também diferentes tipos de café e geleia. Quem quer fazer uma macarronada encontra na mesma prateleira a farinha para fazer o macarrão, o molho, o escorredor e o abridor de massa. Em outra seção, o consumidor encontra formas e espátulas para fazer bolos e doces, e também chocolate em barra e pasta de avelã. 

Cursos de culinária e aluguel de máquina de costura

A Zôdio também oferece cursos para crianças e adultos. No curso culinário, as atividades vão desde aprender a cozinhar papinhas orgânicas para bebês até fazer biscoitos decorados. Os preços variam de R$ 55 a R$ 150, e o cronograma muda a cada mês. O tempo do curso varia conforme a atividade e pode ser de uma hora a quatro horas.

Na modalidade de cursos criativos, as atividades vão desde artesanato, como tear e custura, até organização de guarda-roupa. Os preços variam de R$ 50 a R$ 120. As oficinas também variam de uma a quatro horas, dependendo da modalidade. Quem preferir pode pagar R$ 5 e alugar por meia hora a máquina de costura da loja.

Aplicativo no celular

Para fidelizar os clientes, a Zôdio lançou também um aplicativo que funciona como uma rede social para os clientes. Eles podem postar imagens desde um bordado que fizeram até uma receita nova que testaram.

Várias atividades geram pontos que dão benefícios aos clientes: curtir fotos, fazer postagens, receber curtidas, compartilhar mensagens, ir à loja e fazer compras. A cada 850 pontos, o cliente recebe R$ 25, que pode ser utilizado em produtos, nas oficinas ou como doação para ONGs. Quem quiser pode escolher pagar R$ 30 por ano para ganhar mais descontos.

A empresa também diz que abrirá um espaço no aplicativo para que os clientes anunciem seus produtos.

Expansão

A Zôdio tem 22 filiais distribuídas na França e na Itália. Lenglart não revela quanto a empresa investiu para abrir a loja no Brasil. Também não diz qual foi o lucro e o faturamento desde que iniciou suas atividades em 5 de dezembro do ano passado.

Sobre a expansão da marca, o executivo afirma que a empresa quer abrir mais cinco lojas nos próximos quatro anos.

Como é difícil encontrar um produto "Made In Brazil" no comércio local

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos