ipca
0,45 Out.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Mídia e Marketing

App que detecta político investigado é premiado em festival de publicidade

Eliane Pereira

Colaboração para o UOL, em São Paulo

02/11/2018 11h36

Com as campanhas "Detector de Corrupção" e "A Voz da Arte", agências brasileiras conquistaram mais três Grandes Prêmios no El Ojo de Iberoamérica, um dos "top 5" festivais de publicidade do mundo e o principal da região ibero-americana. Os vencedores da segunda etapa da premiação foram divulgados na noite de quinta-feira (1º), em Buenos Aires, na Argentina.

"Detector de Corrupção", que já ganhou diversos prêmios em outros festivais de publicidade, conquistou dois prêmios: um na categoria Criação com Dados (Creative Data) e outro em Digital/Social.

Criado pela Grey para o Reclame Aqui, o aplicativo mostra se determinado político está envolvido em alguma investigação apenas apontando a câmera do celular para sua foto. O app usa uma ferramenta de reconhecimento facial e pesquisa em fontes oficiais para informar sobre a situação judicial do político. O app foi lançado em maio e divulgado pela empresa como uma ferramenta para ajudar os brasileiros nas últimas eleições, em outubro. 

Veja vídeo do Reclame Aqui, divulgado antes das eleições, sobre o app "Detector de Corrupção"

O outro Grande Prêmio, na categoria Produção Digital, foi para o projeto "A voz da arte", criado pela Ogilvy para a IBM, usando o sistema de inteligência artificial Watson. Na ação foi criado um tipo de assistente virtual que respondia a perguntas dos visitantes sobre sete obras de arte do acervo da Pinacoteca de São Paulo.

Além dos três GPs, o Brasil levou 51 troféus (18 ouros, 14 pratas e 19 bronzes) em oito categorias divulgadas no segundo dia do festival. O evento ocorre até esta sexta-feira (2). 

Mais Mídia e Marketing