PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Copa Airlines suspende todas as operações até 21 de abril

"Nada é mais importante do que a saúde do Panamá e dos países a que servimos", afirmou em nota o CEO Pedro Heilbron - Divulgação/Copa Airlines
'Nada é mais importante do que a saúde do Panamá e dos países a que servimos', afirmou em nota o CEO Pedro Heilbron Imagem: Divulgação/Copa Airlines

Do UOL, em São Paulo

20/03/2020 18h58

Seguindo decreto do governo do Panamá, a companhia aérea Copa Airlines anunciou hoje que vai suspender todos os seus voos a partir de 22 de março até 21 de abril por causa da pandemia do novo coronavírus.

"Informamos a nossos passageiros que, por decreto do Governo Nacional do Panamá, suspendemos temporariamente nossas operações a partir de 22 de março, às 23h59, por um período de 30 dias", escreveu a companhia em sua página oficial no Twitter.

A Copa Airlines, que hoje voa a 80 destinos em 33 países, ainda disse compreender e respaldar a decisão do governo panamenho. "Para nós, nada é mais importante do que a saúde e o bem-estar do Panamá e dos países a que servimos", afirmou em nota Pedro Heilbron, CEO da companhia.

A aérea também prometeu notificar os afetados pela medida e reforçou a recente flexibilização de suas políticas comerciais, permitindo aos passageiros que troquem gratuitamente os bilhetes adquiridos até 31 de março de 2020 e com data de embarque até 15 de junho de 2020.

Ontem, o presidente panamenho, Laurentino Cortizo, ordenou a suspensão de todos os voos internacionais por 30 dias para frear a propagação da covid-19, segundo divulgado pelo jornal "El Litoral".

A medida, que entrará em vigor no próximo domingo, a partir das 23h59 (horário local, 1h59 em Brasília), exclui apenas os voos de carga, humanitários e domésticos, que seguirão operando normalmente "até segunda ordem", disse Cortizo.

O país registra, por ora, 137 casos oficiais de infecção pelo novo coronavírus e uma morte, a primeira registrada na América Central.

Coronavírus liga alerta pelo mundo