PUBLICIDADE
IPCA
+0,93 Mar.2021
Topo

Herdeira da Disney critica empresa por bônus a executivos em meio a crise

Abigail E. Disney - IMDB
Abigail E. Disney Imagem: IMDB

Do UOL, em São Paulo

22/04/2020 09h29

A cineasta Abigail Disney, sobrinha-neta de Walt Disney, criticou a empresa por manter bônus e dividendos de executivos no valor de mais de US$ 1,5 bilhão (cerca de R$ 8 bilhões) enquanto reduz o pagamento de mais de 100 mil trabalhadores para ajudar a enfrentar o impacto financeiro provocado pelo novo coronavírus.

Em uma série de tuítes em sua conta, Abigail disse que tem "segurado a língua" e pensou que este poderia ser "um momento de paz e reconciliação".

Segundo ela, a quantia poderia pagar um salário de três meses aos trabalhadores da linha de frente. "E vai para pessoas que já colecionam bônus notórios há anos", criticou.

De acordo com o jornal britânico The Guardian, os principais executivos da Disney fizeram sacrifícios salariais para "permitir melhor à empresa enfrentar os desafios extraordinários dos negócios".

O presidente executivo Bob Iger abriu mão do restante de seu salário de US$ 3 milhões (R$ 16 milhões) para este ano, enquanto Bob Chapek, que recentemente substituiu Iger como executivo-chefe, renunciará à metade do seu salário base de US$ 2,5 milhões (R$ 13,3 milhões).