PUBLICIDADE
IPCA
0,36 Jul.2020
Topo

Prefeitura do Rio aplica 36 multas em bancos por não cumprirem medidas

Fila em frente à Caixa para acesso ao auxilio emergencial  -  Djalma Vassão/FotosPublicas
Fila em frente à Caixa para acesso ao auxilio emergencial Imagem: Djalma Vassão/FotosPublicas

Do UOL, em São Paulo

08/05/2020 21h53

A prefeitura do Rio, por meio da Subsecretaria de Vigilância Sanitária e Controle de Zoonoses, inspecionou 79 agências bancárias e aplicou 36 multas em estabelecimentos que não cumpriram medidas para evitar a aglomeração.

O objetivo da fiscalização é conferir se as barreiras sanitárias que devem ser adotadas para a redução dos riscos de transmissão do novo coronavírus estão sendo adotadas.

Segundo a prefeitura, 77 agências bancárias foram inspecionadas e 48, multadas —36 delas por não adotarem medidas para evitar pontos de aglomeração. As outras 12 multas foram cinco por falta de higiene, duas por ausência de licença sanitária e cinco por falta de álcool gel na área dos caixas eletrônicos.

Nove bancos inspecionados são privados e as demais 68 são da Caixa Econômica Federal, onde milhares de pessoas têm enfrentado filas em busca do auxílio emergencial oferecido pelo governo. A fiscalização foi realizada entre os dias 5 e 8 de maio.

"Por causa da pandemia, intensificamos as vistorias nesses estabelecimentos que agora têm que disponibilizar álcool gel no autoatendimento e precisam adotar barreiras sanitárias para minimizar os riscos de contaminação da covid-19. Uma dessas barreiras é justamente o distanciamento social que, para os bancos, é de dois metros, como previsto em decreto como forma de evitar a aglomeração", disse o coordenador de Fiscalização Sanitária da Vigilância, Pedro Paulo Ferraz.