PUBLICIDADE
IPCA
0,36 Jul.2020
Topo

EUA: taxa de desemprego deve passar de 20% em maio, diz consultor de Trump

14.mai.2020 - O presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, assina documento a bordo do Air Force One - Shealah Craighead/White House
14.mai.2020 - O presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, assina documento a bordo do Air Force One Imagem: Shealah Craighead/White House

Do UOL, em São Paulo

25/05/2020 10h26

O consultor econômico do presidente Donal Trump prevê que a taxa de desemprego nos Estados Unidos em maio pode ficar perto de 20% devido aos efeitos da crise provocada pelo novo coronavírus.

Em entrevista à emissora CNN, Kevin Hassett disse que as taxas de desemprego podem ser "acentuadas em maio e junho", chegando a 22% ou 23%, com a possibilidade de chegar a novembro em um nível de dois dígitos.

"Minha expectativa é que, como ainda há pedidos iniciais de seguro-desemprego em maio, a taxa de desemprego será maior em junho do que em maio, mas depois disso deve começar a cair", disse Hassett.

Ele afirmou que "os sinais de recuperação econômica estarão em toda a parte" e que "se houvesse uma vacina em julho", ele ficaria "muito mais otimista" sobre o cenário.

A taxa de desemprego de abril ficou em 14,7%. O assunto é visto pela equipe de Trump como crucial para a sua campanha de reeleição.

Segundo números divulgados pelo Departamento do Trabalho na última quinta-feira (21), 38,6 milhões de americanos perderam seu emprego desde meados de março.

Ainda segundo o órgão, na semana de 10 a 16 de maio, foram registrados 2,43 milhões novas solicitações do subsídio de desemprego, um pouco acima das previsões dos analistas e abaixo do valor da semana anterior, que foi revisado para 2.687 milhões.