PUBLICIDADE
IPCA
0,26 Jun.2020
Topo

American Airlines vai reduzir equipes em até 30% devido ao coronavírus

Avião da American Airlines - Joe Raedle/Getty Images
Avião da American Airlines Imagem: Joe Raedle/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

28/05/2020 09h15

A companhia aérea American Airlines deve reduzir em 30% as suas equipes de gerenciamento e suporte. A empresa ainda vai decidir se cortará funcionários de outros setores por causa da pandemia do novo coronavírus.

As informações foram passadas ontem aos funcionários da empresa e divulgadas pela agência de notícias Reuters.

Outras empresas norte-americanas de aviação devem adotar as mesmas medidas já que a ajuda do governo dos EUA para o cumprimento da folha de pagamento termina em setembro.

Apesar do aumento de liquidez, a American "planeja operar uma companhia aérea menor no futuro próximo", afirmou a vice-presidente executiva Elise Eberwein na carta.

A empresa, que possui mais de 100 mil funcionários, dará opções de demissão voluntária antes de iniciar os cortes de pessoal.

A ideia da American Airlines é, após a redução no setor gerencial, pensar na possibilidade de cortes na linha de frente - comissários de bordo e pilotos. Esses poderão optar por licenças e aposentadoria antecipada.

Economia