PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

Governo federal confirma Auxílio Brasil em R$ 400 de forma permanente

Bolsonaro edita MP para que Auxílio Brasil possa pagar R$ 400 a partir de sexta-feira (10) - Reprodução/Flickr Palácio do Planalto
Bolsonaro edita MP para que Auxílio Brasil possa pagar R$ 400 a partir de sexta-feira (10) Imagem: Reprodução/Flickr Palácio do Planalto

Colaboração para o UOL, em Brasília

18/05/2022 17h42

O presidente Jair Bolsonaro (PL) sancionou hoje medida provisória que garante de forma permanente o valor mínimo de R$ 400 para famílias beneficiárias do Auxílio Brasil.

Com o resultado, o Executivo passará a desembolsar cerca de R$ 90 bilhões anuais com o programa.

O texto da MP foi modificado pela Câmara dos Deputados e, por isso, foi submetido a sanção presidencial. O Senado não fez novas mudanças. Procurado pelo UOL, o governo não informou se houve vetos à proposta.

Inicialmente, a proposta do governo federal previa esse piso somente até dezembro de 2022, mas o substitutivo aprovado institui o "benefício extraordinário", uma espécie de complemento ao valor do Auxílio Brasil de forma permanente.

Sem o benefício extraordinário para completar o valor mínimo de R$ 400, o Auxílio Brasil teria tíquete médio de R$ 224. A assinatura ocorreu durante cerimônia no Palácio do Planalto.