IPCA
0,26 Set.2023
Topo

Concursos já autorizados pelo governo somam quase 10 mil vagas; veja lista

Exame, prova, avaliação - Getty Images
Exame, prova, avaliação Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

23/05/2023 04h00

O governo Lula já autorizou neste ano a abertura de concursos públicos ou processos seletivos para preencher quase 10 mil vagas em ministérios e órgãos federais. As datas dos concursos, no entanto, ainda dependem da publicação de editais.

O que já foi autorizado

O Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI) já autorizou desde o início do ano 9.637 vagas. O número inclui provimento e novos concursos para um total de 7 órgãos.

O IBGE é o órgão com a maior quantidade de vagas. No total, serão 8.141 empregos de contratação temporária para cargos como agente de pesquisa por telefone e supervisor de pesquisa. O instituto tem até novembro para publicar o edital de abertura das inscrições.

A maioria dos concursos devem ser lançados em até 6 meses após a autorização. Apenas os processos seletivos da ANM (Agência Nacional de Mineração) e AGU (Advocacia-Geral da União) já foram iniciados. A publicação do edital e realização do concurso cabe a cada órgão que recebeu a autorização.

Novas vagas contemplam ministérios. Juntas, as pastas de Ciência, Tecnologia e Inovação, Meio Ambiente e Mudança do Clima e Relações Exteriores terão cerca de 1.000 vagas abertas a partir do segundo semestre.

Nem todos os concursos exigirão diploma de ensino superior. O IBGE e a Funai contratarão pessoas com nível intermediário de escolaridade.

Não há um número oficial de vagas a serem abertas nos próximos meses ou no ano. Segundo o MGI, na decisão quanto a autorização e número de vagas são levados em conta "a necessidade de força de trabalho, as prioridades de governo e as condições orçamentárias". "Estamos trabalhando para recuperar a capacidade de atuação do governo para a execução de políticas públicas", afirmou o ministério em nota.

Veja abaixo a lista de órgãos que vão contratar:

Agência Nacional de Mineração

  • Cargo: Especialista em recursos minerais
  • Escolaridade: Nível superior
  • Vagas: 40
  • Data do provimento: fevereiro de 2023

Ministério das Relações Exteriores

  • Cargo: Terceiro secretário. Veja portaria
  • Escolaridade: Nível superior
  • Vagas: 30
  • Data do provimento: A partir de julho de 2023

Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação

  • Cargos: Analista em ciência e tecnologia, pesquisador e tecnologista. Veja portaria
  • Escolaridade: Nível superior
  • Vagas: 814
  • Data do provimento: A partir de novembro de 2023

Ministério do Meio Ambiente e Mudança do Clima

  • Cargo: Analista ambiental. Veja portaria
  • Escolaridade: Nível Superior
  • Vagas: 98
  • Data do provimento: A partir de novembro de 2023

Funai

  • Cargos: agente em indigenismo; administrador, antropólogo, arquiteto; arquivista, assistente social; bibliotecário; contador; economista; engenheiro; engenheiro agrônomo; engenheiro florestal; estatístico; geógrafo; indigenista especializado; psicólogo; sociólogo; técnico em assuntos educacionais; e técnico em comunicação social. Veja a portaria
  • Escolaridade: Nível intermediário e superior
  • Vagas: 502
  • Data do provimento: A partir de novembro de 2023

Advocacia-Geral da União

  • Cargos: Administrador, arquivista; analista técnico-administrativo; contador; técnico em assuntos educacionais; e técnico em comunicação social. Veja a portaria
  • Escolaridade: Nível superior
  • Vagas: 12
  • Data do provimento: maio de 2023

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

  • Cargos: Agente censitário mapeamento (ACMAP); agente de pesquisas e mapeamento (APM); agente de pesquisa por telefone; codificador e supervisor de pesquisa. Veja portaria
  • Escolaridade: Nível intermediário e superior
  • Vagas: 8.141
  • Data do provimento: A partir de outubro de 2023