Conteúdo publicado há 11 meses

'Tarcísio tem sido colaborativo sobre a reforma', diz deputado do PT

O coordenador do grupo de trabalho da reforma tributária na Câmara dos Deputados, Reginaldo Lopes (PT), afirmou que o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas, tem cooperado para uma possível aprovação do texto, que deve ser votado na noite de hoje.

O que disse o deputado?

Segundo Reginaldo Lopes, Tarcísio tem sido "extremamente colaborativo". "Essa reforma se tornou viável depois de 40 anos porque, de fato, os estados produtores, como São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, o próprio Rio Grande do Sul, compreenderam que não justifica um cidadão do Piauí, ao consumir um produto, pagar imposto para o estado de São Paulo. É uma grandeza extraordinária", afirmou o parlamentar à CNN.

Mais cedo, o governador paulista, ex-ministro de Jair Bolsonaro, foi interrompido pelo ex-presidente durante encontro do PL ao tentar argumentar a favor do texto.

Apesar de Bolsonaro ter pregado a 'união do PL' contra a reforma em reunião na tarde de hoje, o deputado Reginaldo Lopes disse que a legenda deve "dar sua contribuição" para a aprovação.

Ainda de acordo com o parlamentar, a expectativa é de que a aprovação ocorra com algo entre 370 e 380 votos.

Para o deputado, a votação em dois turnos pode ser feita até a manhã de amanhã (7).

Deixe seu comentário

Só para assinantes