Conteúdo publicado há 1 mês

Roncaglia: Preços ainda não estão caindo, mas pararam de subir rapidamente

Os preços ainda não começaram a cair, mas pararam de subir rapidamente, afirmou o economista André Roncaglia no UOL News da manhã desta quarta-feira (10). A análise explica a desaceleração da inflação, anunciada hoje pelo IBGE.

O IPCA, indicador oficial da inflação no Brasil, subiu 0,16% em março —abaixo do previsto por especialistas.

De fato, os preços ainda não estão caindo, eles pararam de subir mais rapidamente do que estavam. Então, desacelerou.

É uma boa notícia, porque não apenas a estimativa do Banco Central era de uma inflação muito maior, como a do mercado também. A inflação veio mais leve do que aquilo que o mercado previa.

A gente tem muito para avançar, podemos reduzir mais a inflação, mas também precisamos calibrar o peso que isso tem para a população em termos da criação de empregos e no ritmo da atividade econômica.

O que aconteceu

A inflação desacelerou no mês passado depois de ter ficado em 0,83%% em fevereiro. Os números foram divulgados pelo IBGE nesta quarta-feira (10).

Nos últimos 12 meses até março, a inflação acumulada está em 3,93%. O índice é menor do que o registrado em fevereiro, de 4,50%.

Considerando apenas 2024, até março, a inflação acumulada está em 1,42%. O índice é maior do que o registrado em fevereiro, de 1,25%.

Continua após a publicidade

Entre os nove grupos de produtos pesquisados pelo IBGE, seis tiveram aumento de preços em março. A maior alta foi do grupo alimentação e bebidas, de 0,53%. Depois, veio saúde e cuidados pessoais, com alta de 0,43%.

O grupo de transportes teve a maior baixa entre os grupos, de -33%, em março. A segunda maior baixa foi em comunicação, com -13%.

O UOL News vai ao ar de segunda a sexta-feira em duas edições: às 10h com apresentação de Fabíola Cidral e às 17h com Diego Sarza. O programa é sempre ao vivo.

Quando: De segunda a sexta, às 10h e 17h.

Onde assistir: Ao vivo na home UOL, UOL no YouTube e Facebook do UOL.

Veja a íntegra do programa:

Continua após a publicidade

Deixe seu comentário

Só para assinantes