Bolsas

Câmbio

Mercados acionários da China fecham estáveis apesar de ganhos no restante da região

XANGAI/HONG KONG (Reuters) - As bolsas chinesas ficaram praticamente estáveis nesta terça-feira (7), enquanto outros mercados asiáticos avançaram depois que a presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos), Janet Yellen, fez uma avaliação positiva do cenário econômico norte-americano.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, teve variação negativa de 0,05%, enquanto o índice de Xangai ganhou 0,07%.

Wang Yi, estrategista da Great Wall Securities, espera que o mercado da China engate eventualmente conforme os temores de uma iminente alta da taxa de juros nos EUA diminuam e com as esperanças de que Pequim acelere suas reformas para as ineficientes empresas estatais.

Yellen afirmou que o relatório de emprego do mês passado foi "decepcionante", mas alertou contra dar significado demais a dados de criação de vagas isolados.

  • Em Tóquio, o índice Nikkei avançou 0,58%, a 16.675 pontos.
  • Em Hong Kong, o índice Hang Seng subiu 1,42%, a 21.328 pontos.
  • Em Xangai, o índice SSEC ganhou 0,07%, a 2.936 pontos.
  • O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, retrocedeu 0,05%, a 3.177 pontos.
  • Em Seul, o índice Kospi teve valorização de 1,3%, a 2.011 pontos.
  • Em Taiwan, o índice Taiex registrou alta de 0,96%, a 8.679 pontos.
  • Em Cingapura, o índice Straits Times valorizou-se 0,59%, a 2.848 pontos.
  • Em Sydney, o índice S&P/ASX 200 avançou 0,2%, a 5.371 pontos.

(Reportagem de Samuel Shen, Pete Sweeney e Saikat Chatterjee)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos