Bolsas

Câmbio

Chega ao Brasil casco de plataforma da Petrobras que produzirá no pré-sal em 2018

SÃO PAULO (Reuters) - O casco do navio-plataforma P-69, com início de produção no pré-sal previsto para 2018, chegou ao Brasil nesta semana para a conclusão das obras no estaleiro Brasfels, em Angra dos Reis (RJ), informou a Petrobrasnesta quinta-feira.

O FPSO (unidade flutuante de produção, armazenamento e transferência de petróleo e gás) será instalado no campo de Lula, módulo de Lula Extremo Sul, na Bacia de Santos.

O bloco é operado pela Petrobras (65 por cento) em parceria com a BG E&P Brasil, companhia subsidiária da Royal Dutch Shell (25 por cento), e a Petrogal Brasil (10 por cento).

A plataforma terá capacidade de processamento diário de 150 mil barris de óleo e de 6 milhões de metros cúbicos de gás. Além disso, conta com estrutura capaz de estocar 1,6 milhão de barris de óleo e deverá atuar em profundidade d'água de 2.200 metros, segundo nota da Petrobras.

No estaleiro, será feita a instalação dos módulos sobre o casco, a interligação de todos os equipamentos da plataforma e o comissionamento dos sistemas operacionais --conjunto de testes para verificar se os sistemas estão de acordo o projetado.

O casco, que tem 288 metros de comprimento, 54 metros de largura (boca) e 31,5 metros de altura (altura do fundo dos tanques até o convés principal), veio do estaleiro Cosco, em Zhoushan, na China, onde foi construído.

(Por Roberto Samora)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos