Bolsas

Câmbio

Thyssenkrupp não vai se apressar em fusão com Tata Steel, diz executivo

FRANKFURT (Reuters) - A Thyssenkrupp vai avaliar com cuidado qualquer potencial acordo sobre pensões com a indiana Tata Steel antes de avançar com uma fusão dos ativos europeus dos dois grupos, afirmou o vice-presidente financeiro do conglomerado industrial alemão nesta quinta-feira.

"Se você ler que a Tata Steel conseguiu um acordo, isso não significa que na semana seguinte poderemos dizer: Agora nós temos uma joint-venture", disse Guido Kerkhoff, a jornalistas. "Qualidade vem antes."

A britânica Sky News publicou na quarta-feira que a Tata Steel estava perto de se separar de seu fundo britânico de pensões de 15 bilhões de libras, uma pré-condição para que qualquer fusão com a Thyssenkrupp aconteça.

(Por Christoph Steitz e Georgina Prodhan)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos