Natura quer acelerar desalavancagem financeira após compra de The Body Shop

SÃO PAULO (Reuters) - A fabricante de cosméticos Natura quer acelerar o processo de desalavancagem financeira após a compra da The Body Shop, disse nesta terça-feira o presidente-executivo da companhia brasileira, João Paulo Ferreira.

Ao anunciar os resultados do terceiro trimestre, a Natura informou que sua relação dívida líquida/Ebitda fechou setembro em 3,52 vezes, ante 1,47 vez em setembro de 2016.

A meta da Natura ao anunciar a compra da The Body Shop, por cerca de 1 bilhão de euros, em junho, era de fechar 2017 com essa relação em 3,6 vezes e reduzir esse índice gradualmente para níveis do ano passado em 2022.

"Ainda é cedo para rever guidance, mas queremos reduzir nossa alavancagem o mais rápido possível", disse Ferreira em teleconferência com jornalistas.

(Por Aluísio Alves)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos