PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

China se esforçará para alcançar metas este ano, diz Partido Comunista

23/04/2018 09h37

PEQUIM (Reuters) - A China se esforçará para alcançar as metas econômicas deste ano, afirmou nesta segunda-feira o Politburo, órgão de decisão do Partido Comunista, segundo a mídia estatal.

A China ainda enfrenta muitas dificuldades na luta contra o que o governo descreveu como as "três batalhas difíceis" -- prevenção de riscos, redução da pobreza e controle da poluição-- contra um pano de fundo econômico e político global cada vez mais complexo, disse agência de notícias Xinhua.

Citando um documento divulgado após reunião do Politburo presidida pelo presidente Xi Jinping, a Xinhua disse que a China manterá uma política fiscal proativa e manterá a política monetária prudente e neutra, reiterando comentários anteriores.

Os 25 membros do Politburo acrescentaram que a China impulsionará a demanda interna para garantir a estabilidade da economia.

O órgão também disse que a China vai aprofundar as reformas estruturais do lado da oferta e a redução do excesso de capacidade de forma legal e baseada no mercado, disse a Xinhua.

Dados oficiais da semana passada mostraram que a economia chinesa cresceu 6,8 por cento no primeiro trimestre, acima do esperado e bem acima da meta de Pequim de cerca de 6,5 por cento neste ano.

A China tem ajustado sua política monetária, escreveu Wen Xinxiang, secretário-geral do comitê de política monetária do banco central chinês, em uma revista oficial nesta segunda-feira.

(Por Stella Qiu e Ryan Woo)