ipca
-0,21 Nov.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Índices europeus caem por cautela antes de encontro do G20

30/11/2018 15h56

LONDRES (Reuters) - Enfraquecidos por dados fracos da China, os mercados acionários europeus terminaram em queda nesta sexta-feira antes das negociações cruciais sobre comércio entre os presidentes dos EUA, Donald Trump, e da China, Xi Jinping, no dia seguinte na cúpula do G20.

O índice pan-europeu STOXX 600 terminou a sessão em queda de 0,3 por cento e com perda de 1,2 por cento no mês, depois de uma temporada de resultados desanimadores.

O alemão DAX, o mais sensível à China devido a seus grandes exportadores, caiu 0,4 por cento.

As blue chip alemãs registraram seu quarto mês seguido de queda, com um recuo de 1,6 por cento em novembro -o período mais longo de quedas desde 2008.

As esperanças dos investidores de uma recuperação parcial nos mercados acionários em dezembro dependiam das discussões dos líderes que resulte numa trégua ou redução nas tensões na guerra comercial entre os Estados Unidos e a China.

"Há apenas duas pessoas no mundo que podem entregar um rali em dezembro, Trump e Xi, e não vejo isso acontecendo", disse Peter Garnry, chefe de estratégia de ações no Saxo Bank. Garnry estima 60 a 65 por cento de chances que a conversa comercial entre Trump e Xi terminem sem acordo.

China divulgou o mais fraco crescimento industrial em mais de dois anos nesta sexta-feira, reacendendo temores sobre crescimento antes das negociações comerciais.

As montadoras derrubaram 1 por cento, com os dados da China e ansiedade sobre tarifas.

O índice FTSEurofirst 300 fechou em queda de 0,12 por cento, a 1.409 pontos.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,83 por cento, a 6.980 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,36 por cento, a 11.257 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,05 por cento, a 5.003 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,15 por cento, a 19.188 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,24 por cento, a 9.077 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,18 por cento, a 4.914 pontos.

(Por Helen Reid e Julien Ponthus)

Mais Economia