PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Leilão para contratar energia para Roraima é agendado para 31 de maio

26/02/2019 18h30

(Reuters) - A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou em reunião nesta terça-feira abertura de audiência pública para discutir regras de um leilão agendado para 31 de maio que buscará contratar energia para atendimento ao Estado de Roraima.

O certame tem como objetivo garantir o suprimento no Estado, que atualmente importa energia da Venezuela e utiliza geração termelétrica a óleo, cara e poluente.

Segundo a Aneel, investidores poderão inscrever na licitação soluções de suprimento com diversos tipos de tecnologias e combustíveis, incluindo gás natural, fontes renováveis ou até mesmo tecnologias de armazenamento de energia em baterias.

Os empreendimentos contratados precisarão iniciar suprimento em 28 de junho de 2021.

O leilão terá duas fases, com a primeira destinada à contratação de potência e a segunda para contratação de energia, segundo a Aneel.

Projetos renováveis e movidos a gás natural poderão assinar contratos de suprimento de 15 anos caso vençam a licitação, enquanto para outras fontes o contrato será de sete anos.

Uma consulta pública sobre o leilão realizada anteriormente pelo Ministério de Minas e Energia recebeu contribuições de um grupo de empresas possivelmente interessadas que incluem AES Tietê, da norte-americana AES, Enel Green Power, da italiana Enel, e empresas de energia térmica Golar Power e Eneva.

(Por Luciano Costa, de São Paulo)