PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Azul vai operar voo diário Campinas-Nova York a partir de 15 de junho

Por Alberto Alerigi Jr.
Imagem: Por Alberto Alerigi Jr.

Alberto Alerigi Jr.

São Paulo

16/01/2020 12h35

Por Alberto Alerigi Jr.

SÃO PAULO (Reuters) - A Azul anunciou nesta quinta-feira que vai começar a operar um voo diário entre o aeroporto Viracopos (SP) e o terminal JFK, em Nova York, a partir de 15 de junho, seu terceiro destino da companhia brasileira nos Estados Unidos.

A empresa vai operar o voo de pouco mais de 9 horas com Airbus A330. As passagens começam a ser vendidas nesta quinta-feira com preços a partir de cerca de 2.400 reais ida e volta.

Nos EUA, a Azul já voa para Orlando e Fort Lauderdale, na Flórida. A companhia também opera voos para Lisboa e Porto, em Portugal; e Buenos Aires, na Argentina.

O presidente-executivo da Azul, John Rodgerson, reuniu-se mais cedo com o secretário-executivo do ministério da Economia, Marcelo Guaranys, para uma "visita de cortesia" e fez o anúncio da nova rota. Na saída, ele afirmou a jornalistas que a companhia está voando para 150 cidades do Brasil e que quer chegar a 200 nos próximos 3 a 4 anos. "Estamos destinando seis a oito cidades por ano", disse o executivo sem dar detalhes.

A Azul anunciou na semana passada a compra da rival de menor porte TwoFlex por 123 milhões de reais, em um negócio que aumentará a sua malha para 36 novos destinos regionais. Na ocasião, Rodgerson, disse à Reuters que tentará convencer a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) a autorizar o uso de aeronaves ATR da Azul, com capacidade para até 70 passageiros, nos slots da TwoFlex, hoje operados com o modelo Cessna, para até 9 passageiros.

As ações da Azul exibiam alta de 0,47% às 16h11, enquanto o Ibovespa mostrava desvalorização de 0,26%.

(Com reportagem adicional de Gabriel Ponte, em Brasília)