PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Hapvida amplia leitos de UTI contra Covid-19; vê Brasil em situação melhor que outros

27/04/2020 10h44

SÃO PAULO (Reuters) - A companhia de planos de saúde Hapvida afirmou nesta segunda-feira que as tendências dos números de vítimas fatais de Covid-10 no Brasil mostram que o país parece estar enfrentando situação melhor do que outras nações, mas informou que poderá ampliar sua capacidade de leitos de UTI em mais de 20% "se houver necessidade".

A companhia, com forte atuação no Norte e Nordeste do país, afirmou que já investiu mais de 65 milhões de reais em medidas de combate à pandemia e que elevou sua capacidade de leitos de tratamento intensivo de 555 no início da crise para 671.

"Caso haja necessidade, a depender da curva de infecção da doença nas regiões onde operamos, poderemos chegar a um total de 825 leitos de UTI", afirmou a Hapvida em comunicado ao mercado.

A empresa afirmou que fez análise de curva de mortes por Covid-19 no Brasil e avalia que o país "até o momento, tem um desempenho relativamente melhor do que outros países".

A Hapvida citou que até 25 de abril, o Brasil tinha 4.016 mortes por Covid-19. "Quando combinamos dados da Alemanha, Itália e Espanha, que somam uma população total parecida com a do Brasil, de cerca de 200 milhões de habitantes, o número de óbitos era de 33.831. Mesmo nos Estados Unidos, considerando o mesmo momento da pandemia, havia 25.871 óbitos. Usando um fator de correção de 0,65 para chegarmos a uma população americana comparável a do Brasil, o total de óbitos ajustado dos EUA era de 16.816."

Neste sentido, a empresa avalia que há chances de o Brasil ser "relativamente menos afetado do que outros países".

Segundo a companhia, em sua rede de atendimento até 26 de abril havia 2.694 casos confirmados de Covid-19, 209 internados (confirmados e investigados) em enfermaria, 150 internados em UTI, 143 mortes e 667 altas.

Até esta segunda-feira, as cidades mais afetadas dentre aquelas com presença da empresa foram Fortaleza, Recife, Manaus, Belém e São Luís, afirmou a Hapvida no comunicado.

(Por Alberto Alerigi Jr.)