PUBLICIDADE
IPCA
+0,83 Mai.2021
Topo

Bailey, do BC britânico, vê pouco impacto de longo prazo oriundo de salto da inflação

24/05/2021 12h22

LONDRES (Reuters) - O presidente do Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês), Andrew Bailey, disse nesta segunda-feira não ver implicações de longo prazo decorrentes da aceleração da inflação esperada pelo banco central para este ano, à medida que a economia emerge da pandemia de coronavírus.

"O Comitê de Política Monetária julga que esses desdobramentos transitórios devem ter poucas implicações diretas para a inflação no médio prazo", disse Bailey em relatório anual para o Comitê do Tesouro do Parlamento britânico.

Bailey descreveu as expectativas de inflação como "bem ancoradas". O BoE previu neste mês que a inflação superará sua meta de 2%, alcançando 2,5% até o final deste ano, antes de recuar lentamente.

(Por Michael Holden)

((Tradução Redação São Paulo, 55 11 56447723))

REUTERS LB JCG