PUBLICIDADE
IPCA
+0,83 Mai.2021
Topo

MP junto ao TCU pede que tribunal acompanhe medidas contra risco de crise energética

Reservatório da usina hidrelétrica de Furnas, em São José da Barra (MG) - Paulo Whitaker/Reuters
Reservatório da usina hidrelétrica de Furnas, em São José da Barra (MG) Imagem: Paulo Whitaker/Reuters

31/05/2021 16h57Atualizada em 31/05/2021 20h04

O representante do Ministério Público junto ao TCU (Tribunal de Contas da União) solicitou que o órgão adote medidas para "verificar a suficiência e a adequação das ações governamentais na gestão da crise hídrica brasileira em curso".

Segundo documento visto pela Reuters hje, assinado pelo subprocurador geral Lucas Rocha Furtado, o MP junto ao TCU quer também que a corte solicite ao ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico) "que apresente um plano de contingência para prevenção de um possível apagão".

A manifestação vem após o governo ter emitido na semana passada um alerta de emergência hídrica para o período entre junho e setembro em cinco Estados. Antes, o intervalo de setembro a maio já havia registrado as piores chuvas em 91 anos nas áreas das hidrelétricas, principal fonte de energia do país.