PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

Tesouro espera que dívida pública federal ultrapasse R$6 trilhões em 2022

As informações constam do Plano Anual de Financiamento de 2022, divulgado nesta quarta-feira - Alan Marques/Folhapress
As informações constam do Plano Anual de Financiamento de 2022, divulgado nesta quarta-feira Imagem: Alan Marques/Folhapress

Bernardo Caram

26/01/2022 16h05

O Tesouro Nacional prevê que o estoque da dívida pública federal passará a barreira de 6 trilhões de reais em 2022, com possível estabilidade na parcela do débito a vencer em até 12 meses.

As informações constam do Plano Anual de Financiamento de 2022, divulgado nesta quarta-feira.

A meta do Tesouro é que a dívida pública federal feche este ano no intervalo de 6,0 trilhões de reais a 6,4 trilhões de reais, depois de encerrar dezembro de 2021 em 5,614 trilhões de reais.

A meta é que parcela da dívida vencendo em 12 meses fique no intervalo de 19% a 23% em 2022, depois de ter fechado o ano passado em 21%. Já a meta para prazo médio da dívida passará para a faixa entre 3,8 anos e 4,2 anos, depois de a proporção fechar 2021 em 3,8 anos.

A participação dos papéis prefixados, que fechou o ano passado em 28,9%, deverá ficar no intervalo entre 24% e 28%. Já os papéis atrelados à Selic ficarão entre 38% e 42%, após encerrar 2021 em 36,8% projeta o Tesouro.

Os papeis vinculados a índices de preços ficarão entre 27% e 31% de participação (29,3% em 2021), enquanto os títulos vinculados a câmbio ficarão entre 3% e 7% (5% em 2021).