PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Cotações

Ações europeias caem após Ucrânia entrar em estado de emergência

Bolsa de valores de Milão, Itália - Alessandro Garofalo
Bolsa de valores de Milão, Itália Imagem: Alessandro Garofalo

Sruthi Shankar e Shashank Nayar

23/02/2022 14h54Atualizada em 23/02/2022 15h48

As ações europeias fecharam em baixa hoje, com as manchetes sobre o conflito entre Rússia e Ucrânia prejudicando o sentimento de investidores, enquanto a imposição de sanções ocidentais modestas à Rússia e fortes balanços corporativos ajudaram a limitar mais perdas.

O índice pan-europeu STOXX 600 fechou em queda de 0,28%, a 453,86 pontos, depois de chegar a subir 1% no início das negociações. Papéis de bancos, empresas de serviços financeiros e varejistas lideraram as perdas.

A Ucrânia declarou estado de emergência e disse a seus cidadãos na Rússia que fujam do país, enquanto Moscou começou a retirar funcionários de sua embaixada em Kiev —os mais recentes sinais ameaçadores para os ucranianos, que temem um ataque militar total da Rússia.

Investidores também temem que as sanções impostas pelos países ocidentais à Rússia possam prejudicar a oferta de petróleo, o que levaria a mais pressões sobre os preços de energia.

Das empresas do STOXX 600 que divulgaram seus balanços até agora, 63% superaram as estimativas de lucro de analistas, segundo dados da Refinitiv IBES.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,05%, a 7.498,18 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,42%, a 14.631,36 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,10%, a 6.780,67 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,34%, a 25.955,08 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,63%, a 8.440,10 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,62%, a 5.430,93 pontos.

Cotações