IPCA
0,83 Mai.2024
Topo

Telefônica Brasil, dona da Vivo, lucra R$835 mi no 1º tri, alta de 11,3% na base anual

09/05/2023 18h26

SÃO PAULO (Reuters) -A Telefônica Brasil, dona da Vivo, registrou lucro líquido de 835 milhões de reais no primeiro trimestre deste ano, um aumento de 11,3% frente a igual etapa de 2022, com maior receita operacional, segundo relatório de resultados divulgado nesta terça-feira.

Analistas esperavam, em média, lucro líquido de 870 milhões de reais, de acordo com dados da Refinitiv.

A operadora de telecomunicações apurou lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) de 4,94 bilhões de reais no trimestre encerrado em março, alta de 9,6% em comparação com o mesmo período no ano anterior.

A Telefônica Brasil disse que o avanço no lucro líquido deveu-se à "forte evolução" do resultado operacional, que foi parcialmente compensado "pelo maior nível de depreciação e amortização e das maiores despesas financeiras", segundo o balanço.

A receita operacional líquida da companhia somou 12,7 bilhões de reais no período, um avanço de 12,1% em relação aos 11,3 bilhões registrados nos primeiros três meses do ano passado.

A receita dos principais negócios da companhia, o que não considera aquelas geradas pelos serviços de voz fixa, conexão xDSL e DTH, somou 11,8 bilhões de reais, ganho de 15,4% na comparação anual, com avanços de 16,3% no segmento de telefonia móvel e de 13% no serviço fixo.

Os acessos em telefonia móvel subiram 14,9% em relação ao primeiro trimestre do ano passado, para 98 milhões, enquanto, no negócio fixo, houve recuo de 2,8%, para 14,2 milhões de acessos.

Os custos totais da empresa, excluindo gastos com depreciação e amortização, subiram 13,7% no primeiro trimestre, para 7,8 bilhões de reais, ante 6,8 bilhões de reais um ano antes.

(Reportagem de Patricia Vilas BoasEdição de André Romani)