Americanas desiste de processo de venda do Hortifruti Natural da Terra

SÃO PAULO (Reuters) - A Americanas anunciou na noite de segunda-feira que decidiu suspender o processo de venda da rede de hortifrútis Natural da Terra, citando necessidade de manter equipes focadas na finalização e publicação de seus resultados financeiros, além da aprovação do plano de recuperação judicial.

A companhia responsável por um dos maiores pedidos de recuperação judicial da história do Brasil afirmou ainda que não tem intenção de retomar o processo de venda do ativo, e também da rede Uni.co, no curto prazo.

O grupo afirmou que a venda dos dois ativos "só faz sentido dentro de determinados parâmetros, principalmente de preço", segundo comunicado divulgado ao mercado.

A empresa divulgou na semana passada que tinha entrado em negociação exclusiva com um interessado na Natural da Terra, comprada pela companhia em 2021 por 2,1 bilhões de reais.

No comunicado de segunda-feira, a Americanas afirma que está mantendo "discussões" com o interessado na rede de hortifrútis para acertar, de comum acordo, um encerramento do período de exclusividade.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes