Hapvida tem lucro ajustado menor e avanço na receita consolidada no 3º tri

SÃO PAULO (Reuters) - A Hapvida registrou queda de 61,5% no lucro líquido ajustado no terceiro trimestre ante o mesmo período do ano anterior, embora a receita líquida consolidada tenha subido quase 9%, conforme balanço financeiro divulgado nesta quarta-feira.

A administradora de serviços de saúde apurou lucro líquido ajustado de 261,1 milhões de reais de julho a setembro, abaixo dos 678,8 milhões de reais registrados na mesma etapa de 2022.

A receita consolidada, por outro lado, foi de 6,9 bilhões de reais no período, com crescimento do negócio de planos de saúde, disse a Hapvida, resultado da estratégia de reajuste e recomposição de margem apesar da redução do número de beneficiários.

O número de beneficiários de planos de saúde caiu 1,7% trimestre sobre trimestre, para 15,8 milhões, e recuou 0,4% na base anual.

A sinistralidade caixa ficou em 71,9% no período, contra 73% um ano antes e 73,9% no segundo trimestre deste ano.

O resultado operacional medido pelo lucro antes de impostos, juros, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado recuou 19,6% ano a ano, para 742 milhões de reais, enquanto a margem ficou em 10,8%, contra 14,6% no mesmo período do ano anterior.

No comparativo trimestral, no entanto, houve expansão tanto no Ebitda ajustado quanto na margem.

(Reportagem de Patricia Vilas Boas)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes