Índice acionário europeu STOXX 600 renova máxima em dois meses

Por Shristi Achar A e Bansari Mayur Kamdar

(Reuters) - Os principais índices acionários na Europa subiram nesta quinta-feira, apoiados por ganhos nas ações de energia, enquanto investidores digeriram a ata da reunião de outubro do Banco Central Europeu (BCE), em que os formuladores de política monetária se mostraram cautelosamente otimistas com relação à queda da inflação na zona do euro.

O índice pan-europeu STOXX 600 fechou em alta de 0,27%, a 458,47 pontos, ampliando ganhos e atingindo o maior nível em dois meses.

O setor de energia liderou os ganhos setoriais, com alta de 1,4%, após duas sessões consecutivas de perdas acentuadas.

Também elevando o índice de referência, as ações do setor de saúde subiram 0,7%, com a Novo Nordisk em alta de 1,0% ao anunciar um investimento de 2,3 bilhões de dólares para impulsionar a produção de seus populares medicamentos para perda de peso e diabetes.

A inflação da zona do euro está em queda conforme o esperado, ou até mesmo um pouco mais rápido, mas o BCE deve manter a possibilidade de um aumento das taxas de juros sobre a mesa, concordaram as autoridades no mês passado, de acordo com os relatos de sua reunião de 25 e 26 de outubro.

"A ata destacou a visão mais cautelosa do BCE em relação à economia e, de fato, marcam a próxima fase de aperto da política monetária: o fim dos aumentos dos juros e o foco em '(taxa) alta por mais tempo'", disse Carsten Brzeski, chefe global de macroeconomia do ING Economics, em uma nota.

Os participantes do mercado também digeriram os dados do Índice Composto de Gerentes de Compras da zona do euro, que mostraram que a atividade empresarial na região retraiu em novembro, e sugeriram que a economia do bloco se contrairá novamente neste trimestre, uma vez que os consumidores continuarão a controlar seus gastos.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,19%, a 7.483,58 pontos.

Continua após a publicidade

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,23%, a 15.994,73 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,24%, a 7.277,93 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,28%, a 29.235,71 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,18%, a 9.905,50 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,52%, a 6.312,93 pontos.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes