Barkin, do Fed, diz que pouso suave da economia é "cada vez mais concebível"

Por Howard Schneider

WASHINGTON (Reuters) - O banco central dos EUA está "fazendo progressos reais" no sentido de domar a inflação sem causar grandes danos ao mercado de trabalho, com um esperado pouso suave "cada vez mais concebível", disse o presidente do Federal Reserve de Richmond, Thomas Barkin, nesta quarta-feira.

Embora o melhor resultado possível, de queda da inflação sem aumento significativo na taxa de desemprego, não seja "de forma alguma inevitável" e ainda possa ser desviado do curso, "é possível ver a possibilidade" se desenvolvendo em dados que incluem a continuação do baixo nível de desemprego e uma inflação que, numa base de seis meses, está agora abaixo da meta de 2% do Fed, disse Barkin em comentários preparados para a Câmara de Comércio de Raleigh, na Carolina do Norte.

Barkin não forneceu detalhes sobre suas próprias expectativas de política monetária para o ano ou quando seria apropriado que o Fed começasse a reduzir uma taxa de juros que tem sido mantida desde julho na faixa de 5,25% a 5,50%.

As autoridades do Fed na reunião de política monetária de 12 e 13 de dezembro indicaram que provavelmente não precisariam aumentar as taxas novamente, e Barkin observou que "a maioria de nós previu que a normalização das taxas começaria em algum momento deste ano".

No entanto, ele disse que os riscos para um pouso suave permanecem, incluindo os impactos tardios das atuais taxas de juros altas e também choques externos ou uma inflação mais rígida do que o esperado, que dificultariam o retorno total à meta do Fed.

"É por isso que o potencial para aumentos adicionais da taxa de juros permanece sobre a mesa", disse Barkin, com o momento e o ritmo de quaisquer cortes devendo ser determinados por se a inflação continuará a cair e se a economia continuará a "voar suavemente... Não há piloto automático. E os dados que chegarem este ano serão importantes".

(Por Howard Schneider)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes