Próximos meses consolidarão convicção sobre trajetória da inflação dos EUA, diz Barkin, do Fed

WASHINGTON (Reuters) - Os dados econômicos dos próximos meses ajudarão o banco central dos Estados Unidos a construir a convicção de que a inflação está em queda conforme o esperado, na ausência de algum choque inesperado, disse o presidente do Federal Reserve de Richmond, Thomas Barkin, nesta quarta-feira.

"A inflação está se acomodando de forma tão convincente quanto os últimos seis meses teriam sugerido ou não?" disse Barkin, em um evento na Carolina do Norte, sobre a inflação que, por algumas medidas, tem estado abaixo da meta de 2% do Fed há cerca de seis meses. "A cada mês que passa, teremos mais convicção sobre isso ou não."

(Por Howard Schneider)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes