BC da China diz que manterá taxa de câmbio estável

PEQUIM (Reuters) - O banco central da China se comprometeu nesta sexta-feira a manter a taxa de câmbio do iuan estável, otimizar ainda mais as estruturas de crédito, fortalecer a cooperação monetária internacional e promover o desenvolvimento do mercado "offshore" de iuan.

"A política monetária prudente precisa ser flexível, apropriada, precisa e eficaz", disse o banco central em uma declaração que descreve várias medidas para revigorar a economia.

O banco também disse que usará uma variedade de ferramentas de política monetária para manter uma liquidez razoável e suficientemente ampla.

A China também aumentará o seu apoio creditício ao desenvolvimento e construção de habitações para aluguel, afirmaram o banco central e o órgão regulador financeiro em sugestões sobre como apoiar o mercado de aluguéis nesta sexta-feira.

A China apoiará os bancos comerciais na emissão de títulos financeiros para aluguel habitacional e avançará de forma constante no trabalho piloto para fundos fiduciários de investimento imobiliário, afirmaram o Banco do Povo da China e a Administração Nacional de Regulação Financeira da China em comunicado conjunto.

O país também estabelecerá limites máximos para os níveis de endividamento de vários tipos de empresas de aluguel habitacional e de empresas de promoção imobiliária que detêm habitações para aluguel, acrescentou o comunicado.

(Reportagem da redação de Pequim)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes