ONS reduz previsão para carga de energia em janeiro, vê mais chuvas no Sul

SÃO PAULO (Reuters) - O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) reduziu sua estimativa de crescimento da carga da energia no país em janeiro, ao mesmo tempo em que elevou a previsão de chuvas que devem chegar às hidrelétricas da região Sul no mês.

Segundo boletim divulgado nesta sexta-feira, o órgão passou a projetar um avanço de 9,1% para carga no Sistema Interligado Nacional (SIN) em janeiro, ante 11,1% previstos na semana anterior.

Já em relação às chuvas, o ONS revisou para cima sua estimativa para o Sul, prevendo agora afluências superiores à média histórica, a 114% em janeiro, ante 81% estimados há uma semana.

Para os demais subsistemas, o operador fez ajustes menores nas previsões de chuvas que devem chegar aos reservatórios de hidrelétricas do Sudeste/Centro-Oeste (70% da média histórica, contra 68% na semana anterior), Nordeste (52%, ante 51%) e Norte (75%, ante 70%).

O nível de armazenamento das hidrelétricas do Sudeste/Centro-Oeste deve alcançar 64,6% ao final do primeiro mês do ano, um pouco acima dos 62,7% estimados na semana anterior.

(Por Letícia Fucuchima)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes