Rio usa drones em esforço de alta tecnologia para reflorestamento

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A cidade do Rio de Janeiro está enviando drones ao ar para lançar sementes, parte de uma iniciativa de alta tecnologia que busca acelerar os esforços de reflorestamento.

A iniciativa verde, uma parceria entre a Prefeitura do Rio e a startup Morfo, foi lançada na última sexta-feira e está sendo usada para semear espécies nativas locais em áreas de difícil acesso, o que seria mais difícil com o uso de métodos tradicionais.

As áreas elegíveis são selecionadas após uma análise do solo e das espécies nativas. Em seguida, computadores com inteligência artificial (IA) definem os alvos específicos e o número de sementes a serem lançadas, de acordo com uma nota da Prefeitura do Rio.

Um único drone é capaz de dispersar 180 cápsulas e sementes por minuto, ou 100 vezes mais rápido do que a utilização de mãos humanas para espalhar sementes em um programa de reflorestamento mais tradicional.

A semeadura por meio de drones assistidos por IA também elimina a necessidade de meses de cuidados com as mudas, bem como de transportá-las para a área designada para o plantio, acrescentou a nota.

(Reportagem de Sergio Queiroz)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes