Ibovespa recua com commodities e menor liquidez devido a feriado nos EUA

Por Patricia Vilas Boas

SÃO PAULO (Reuters) - A bolsa paulista caía nesta segunda-feira, em pregão com baixa liquidez devido a feriado nos Estados Unidos, pressionada pelo declínio das ações da Vale, que acompanhavam a queda nos preços do minério de ferro na Ásia.

Às 11h22, o Ibovespa caía 0,3%, a 130.589,29 pontos. O volume financeiro somava 2,5 bilhões de reais.

"Temos as siderúrgicas pesando um pouco mais que a maior parte dos papéis", depois que a China deixou a taxa de juros de médio prazo inalterada, destacou o analista de investimentos da Ouro Preto, Sidney Lima. "(Isso) automaticamente decepciona os investidores", disse.

A decisão do banco central chinês também pesou sobre os futuros do minério de ferro, que encerraram as negociações diurnas em queda pela segunda sessão consecutiva nesta segunda. Ainda em commodities, o petróleo também exibia declínio, corroborando um exterior negativo.

Liderando as quedas percentuais do Ibovespa estavam as ações da Gol, após notícia de que a companhia aérea está considerando fazer um pedido de recuperação judicial nos Estados Unidos.

Segundo análise gráfica da equipe da BB Investimentos, os ativos locais devem seguir sensíveis ao exterior, com volatilidade devido à redução da liquidez por conta do feriado norte-americano. "Acreditamos em um movimento de correção dos nossos ativos", afirmou a equipe.

No radar, ainda permanecem as discussões sobre a medida provisória que reonera gradualmente a folha de pagamentos, além das falas de autoridades no Fórum Econômico Mundial de Davos, na Suíça, que começa nesta segunda-feira.

DESTAQUES

Continua após a publicidade

- GOL PN despencava 11,58%, a 6,72 reais. A companhia aérea está considerando fazer um pedido de recuperação judicial nos EUA no próximo mês, publicou o jornal Folha de S.Paulo no domingo, citando fontes com conhecimento da situação. No setor, AZUL PN recuava 2,93%, a 13,56 reais.

- PETROBRAS PN caía 0,13%, a 38,12 reais e PETROBRAS ON avançava 0,03%, a 39,65 reais, diante de baixa nos preços do petróleo no mercado internacional. O barril de Brent , referência para a Petrobras, recuava -0,75%, a 77,7 dólares.

- VALE ON desvalorizava-se 1,20%, a 70,83 reais, em dia de desempenho negativo dos futuros do minério de ferro na Ásia, com o contrato mais negociado na Dalian Commodity Exchange encerrando com baixa de 3,17%, a 933 iuans (130,10 dólares) a tonelada, o menor valor desde 20 de dezembro de 2023. CSN MINERAÇÃO ON caía 3,63%, a 6,91 reais e CSN ON recuava 1,79%, a 17,58 reais.

- GPA ON subia 11,27%, a 4,54 reais, após saltar no pregão de sexta-feira, com a convocação de nova assembleia geral extraordinária para decidir sobre aumento do limite de capital visando uma potencial oferta de ações.

- ELETROBRAS ON subia 2,89%, a 44,17 reais, entre as principais contribuições positivas para o índice. A companhia elétrica aprovou na semana passada a incorporação da subsidiária Furnas, após impasses que chegaram a levar à suspensão da realização de assembleia geral extraordinária, convocada inicialmente para 29 de dezembro, sob a alegação de "graves prejuízos".

- ITAÚ UNIBANCO PN caía 0,33%, a 33,28 reais, enquanto BRADESCO PN perdia 0,63%, a 15,71 reais e BANCO DO BRASIL ON avançava 0,73%, a 55,52 reais.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes