S&P 500 fecha no maior nível em 2 anos com salto de fabricantes de chips

Por Noel Randewich e Johann M Cherian

(Reuters) - O índice S&P 500 fechou no maior nível em dois anos nesta sexta-feira, impulsionado por uma recuperação das fabricantes de chips e por outras ações de tecnologia de forte peso, com o otimismo em torno da inteligência artificial.

O fechamento do índice de referência confirmou que o S&P 500 vive momento de alta desde que fechou em seu ponto mais baixo, em 12 de outubro de 2022, de acordo com uma medida que também coloca essa data como o fim de um mercado em baixa.

Em uma liquidação entre seu pico de fechamento de 4.796,56 em 3 de janeiro de 2022 e seu menor fechamento em outubro de 2022, o S&P 500 caiu 25%.

Nesta sexta-feira, o S&P 500 saltou 1,23%, para 4.839,81 pontos. O Dow Jones subiu 1,05%, para 37.863,80 pontos. O Nasdaq saltou 1,70%, para 15.310,97 pontos.

"É realmente um dia encorajador em termos de ação, e 4.800 certamente tem sido um nível-chave que tem sido difícil de superar. Portanto, se continuarmos a nos mover nessa direção, isso será um sinal de sentimento muito positivo", disse Lisa Erickson, chefe de mercados públicos do U.S. Bank Wealth Management.

A Nvidia subiu 4,2% e a Advanced Micro Devices avançou mais de 7% depois que a fabricante de servidores Super Micro Computer elevou sua previsão de lucro para o segundo trimestre, fazendo com que suas ações ganhassem 36%.

O índice de semicondutores Philadelphia subiu 4%, atingindo um pico, enquanto o índice do setor de tecnologia da informação S&P 500 saltou mais de 2%, atingindo um recorde.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes