Alliança faz acordo com Unimed para processamento de exames de análises clínicas na Bahia

SÃO PAULO (Reuters) - A empresa de medicina diagnóstica Alliança informou que celebrou nesta quarta-feira acordo com a Unimed Nacional para criação de laboratórios para o processamento de exames de análises clínicas (conhecidos como NTOs) em algumas cidades no Estado da Bahia.

Dona da marca CDB, a Alliança disse que as cidades baianas envolvidas são Camaçari, Candeias, Dias D'Avila, Lauro de Freitas, Salvador e Simões Filho.

Segundo a companhia, a formalização do acordo está em linha com seu plano estratégico e aumentará o volume de receita de exames de análises clínicas realizados na Alliança, assim como a capilaridade de postos de coleta da marca Delfin, na região Nordeste.

O acordo ainda prevê a transformação de Sociedade Limitada para Sociedade Anônima da controlada Rifeu, que terá capital social formado exclusivamente por ações ordinárias e participação de 49% no capital social votante detido pela Unimed, disse a empresa, que não detalhou valores.

Rifeu, nome provisório para a sociedade, "será uma holding detendora de investimentos em subsidiárias criadas com o propósito específico de criação e operacionalização dos NTOs, inicialmente localizados na região Nordeste do país", afirmou a Alliança no documento.

O acordo ainda está sujeito à aprovação do Cade e demais autorizações governamentais, entre outras condições precedentes.

(Reportagem de Patricia Vilas Boas)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes