PUBLICIDADE
IPCA
+0,83 Mai.2021
Topo

Taxa de desemprego sobe para 9,5% no trimestre encerrado em janeiro

24/03/2016 09h25

A taxa de desemprego aumentou para 9,5% no trimestre encerrado em janeiro de 2016, de acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No mesmo período em 2015, o desemprego atingia 6,8% da população economicamente ativa do país.

A população desocupada, de 9,6 milhões de pessoas, cresceu 6% (545 mil pessoas a mais) no confronto com trimestre encerrado em outubro de 2015, e aumentou 42,3% (2,9 milhões pessoas a mais) em relação ao mesmo trimestre de 2015.

Já a população ocupada, de 91,7 milhões de pessoas, é 1,1% menor (1 milhão de pessoas) que a de igual período em 2015. Em relação ao trimestre encerrado em outubro, a redução foi de 0,7% (656 mil a menos).

A Pnad Contínua verifica o desemprego em todas as regiões do país.

Renda

Quanto à renda, o rendimento médio real habitualmente recebido pelo brasileiro em todos os trabalhos (R$ 1.939) caiu 2,4% ante igual período de 2015, quando era de R$ 1.988, e ficou estável ante o trimestre anterior, encerrado em outubro, quando era de R$ 1.948.

A massa de rendimento real habitualmente recebida em todos os trabalhos para o trimestre encerrado em janeiro (R$ 172,8 bilhões) caiu 3,1% ante igual período em 2015, e ficou estável em relação ao trimestre anterior.