Bolsas

Câmbio

Matrículas de ensino a distância crescerão 3,3% em 2017, estima Semesp

O setor de ensino superior privado deve registrar no próximo ano um crescimento de 3,3% no volume de matrículas nos cursos a distância (EAD). Já no presencial, que representa a maior parte dos alunos, a base deve se manter praticamente estável - com avanço de 0,7%.

Os dados são do Semesp, sindicato das instituições de ensino superior privado que lançou nesta sexta-feira indicadores mensais sobre o setor.

Em relação ao número de calouros, o Semesp prevê uma alta de 4,2% nos cursos a distância e de 1,1 % no presencial em 2017, na comparação com o ano anterior.

"Ainda não dá para falar em crescimento em 2017. É uma estabilidade nos cursos presenciais. No ensino a distância, o desempenho é melhor porque o valor da mensalidade é menor" disse Rodrigo Capelato, diretor-executivo do Semesp.

Neste ano, a estimativa é uma queda de 6,7% no volume de matriculados nos cursos presenciais e redução de 3,6% no EAD. O volume de calouros caiu 1,96% no presencial e ficou estável nos cursos a distância.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos