Bolsas

Câmbio

ONS eleva previsão de aumento de consumo em janeiro

O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) elevou, de 7% para 7,2%, a previsão de crescimento do consumo de energia no país em janeiro, em comparação com igual período do ano passado.

O órgão também prevê um volume maior de chuvas este mês no Sudeste/Centro-Oeste, principal subsistema do país. De acordo com o operador, o volume de chuvas esperado para este mês passou de 70% para 73% da média histórica para o período.

Com isso, o órgão ampliou a expectativa de armazenamento nos reservatórios hidrelétricos das duas regiões no fim de janeiro, passando de 36,4% para 37,9%. Os lagos das usinas do Sudeste/Centro-Oeste estão com 34% de estoque atualmente.

Com relação ao Nordeste, onde a situação é mais preocupante, o ONS manteve a previsão de um volume de chuvas de 32% da média histórica para o período. Com 17% de nível de armazenamento, os reservatórios da região devem chegar no fim do mês com 18,2% de acumulação, volume ligeiramente inferior à previsão anterior, de 18,7%.

O operador também manteve a previsão de chuvas para o Norte, em 42% da média histórica para janeiro. A expectativa de armazenamento, porém, saltou de 23,7% para 23,9%. As hidrelétricas da região estão atualmente com 21,3% de estoque.

Para o Sul, o ONS reduziu a expectativa de chuvas, porém a previsão continua acima do histórico. O operador, que antes previa um volume de 90% acima da média, trabalha agora com um total de 62% superior ao histórico para janeiro na região.

Com isso, o órgão reduziu a estimativa de armazenamento nos reservatórios hidrelétricos do Sul para o fim de janeiro, passando de 68,8% para 61,6%. As usinas da região estão com nível de estoque de 68,24%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos