Bolsas

Câmbio

Aneel: Tarifa de energia terá desconto por cobrança indevida em 2016

Os consumidores do país terão um desconto médio de 1,2 ponto percentual nas tarifas de energia em 2017 para compensar o montante de R$ 1,8 bilhão cobrados a mais nas contas de luz de 2016, informou a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).


O valor cobrado erroneamente refere-se à contratação da energia da usina nuclear de Angra 3, que estava prevista para entrar em operação naquele ano, mas está com as obras paralisadas desde setembro de 2015.


Segundo a autarquia houve uma falha no cálculo das tarifas de energia de 2016. "O valor estimado foi repassado aos processos tarifários das distribuidoras em 2016, mas os consumidores não sofrerão nenhum prejuízo, pois serão ressarcidos em 2017 com a devida remuneração (Selic) a cada reajuste ou revisão", informou a Aneel, em nota à imprensa.


De acordo com o órgão regulador, a previsão dos custos referentes à contratação de energia de Angra 3 em 2017 já foi "retirada dos processos tarifários".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos