Venda de papelão ondulado cai 4,33% em abril, aponta ABPO

As vendas de papelão ondulado seguiram firmes em abril, mas diante do menor número de dias úteis o volume absoluto ficou abaixo do verificado no mesmo intervalo do ano passado, de acordo com boletim estatístico divulgado há pouco pela Associação Brasileira do Papelão Ondulado (ABPO).


No mês passado, as expedições brasileiras de caixas, acessórios e chapas de papelão caíram 4,33% frente a abril de 2016, para 259,21 mil toneladas.


Em relação às vendas de março, a baixa foi de 1,16%, na série com ajuste sazonal. Sem ajuste, o recuo foi de 11,11%.


Diante disso, as vendas de papelão ondulado exibiram alta acumulada de 2,7% nos quatro primeiros meses do ano, com 1,075 milhão de toneladas e desaceleração em relação ao primeiro trimestre, quando a expedição acumulada mostrou expansão de 5,23%.


Na esteira do desempenho das vendas de abril e do ritmo que está sendo verificado em maio, a ABPO melhorou a projeção para 2017 e, agora, espera crescimento superior a 2% nas expedições, frente à estimativa inicial de alta anual de 1,5% a 2%.


Em entrevista ao Valor no início do mês, a presidente da entidade, Gabriella Michelucci, ressaltou que considerando-se a média diária de expedição e o número de dias úteis em abril deste ano, o desempenho foi "bastante positivo".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos