Bolsas

Câmbio

Juros futuros operam próximos da estabilidade à espera do Copom

Os juros futuros operam bem próximos da estabilidade na manhã desta terça-feira. O ritmo mais moroso do mercado decorre da espera pelas decisões de política monetária do Federal Reserve (Fed, banco central americano) e do Banco Central (BC) brasileiro, amanhã. Já está bem precificada a aposta de corte de 1 ponto percentual da Selic, para 9,25%.


De acordo com profissionais de mercado, segue a expectativa de continuidade do processo de flexibilização monetária, inclusive com ajustes para baixo nas estimativas da taxa terminal da Selic, mesmo diante de algumas novidades pouco favoráveis da inflação.


Discute-se, por exemplo, a volta da bandeira vermelha nas contas de luz em agosto. Caso se confirme, o aumento da tarifa acrescentaria entre 0,07 e 0,08 ponto percentual na inflação prevista para o mês, calculam economistas ouvidos pelo Valor. Agosto também deve concentrar os efeitos da elevação de impostos sobre combustíveis, anunciada na semana passada.


Às 10h51, o DI janeiro/2018 marcava 8,510%, ante 8,520% no ajuste anterior, e o DI janeiro/2019 operava em 8,400%, mesmo valor do ajuste anterior.


O DI janeiro/2021, por sua vez, registrava 9,480%, ante 9,450% no ajuste anterior.


Ainda na cena política brasileira, a nova iniciativa do governo para ajustar as contas públicas deve seguir no radar dos investidores. Pela primeira vez em 20 anos, é iniciado um programa de demissão voluntária (PDV) de funcionários públicos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos