Bolsas

Câmbio

Mais de um terço dos brasileiros criticam malha aérea, diz pesquisa

Segundo pesquisa encomendada pelo Ministério do Turismo divulgada nesta terça-feira (22), 41,7% da população brasileira consideram a malha aérea doméstica suficiente, enquanto para 36% dos entrevistados a oferta de voos e destinos é insuficiente ou pouco suficiente.


A pesquisa foi realizada de 17 a 23 de março de 2017 pelo Instituto FSB Pesquisa, quando foram ouvidas 2 mil pessoas com mais de 16 anos em todas as regiões do país.


Quando analisada regionalmente, a pesquisa aponta que, na avaliação dos entrevistados, a região Sul possui a melhor malha aérea do país: 49,6% a avaliam como suficiente ou muito suficiente. Esse índice atinge 41,7% na região Sudeste e 37,6% na Nordeste.Nas regiões Norte e Centro-Oeste, a percepção é mais baixa, ficando em 28,7%.


No campo oposto, a região Nordeste foi a que teve a pior avaliação, com 38,4% classificando como insuficiente.


Para reverter a situação, 73,4% das pessoas são favoráveis ao aumento do número de companhias aéreas atuando no Brasil. A maior aprovação a esse tema está nos estados do Nordeste (75,1%), seguido por Norte e Centro-Oeste (75%). A região Sul aparece com 73,8% e a Sudeste com 71,2%.


Segundo a opinião de 65% dos ouvidos na pesquisa, a abertura do mercado para o capital estrangeiro é positiva.


Atualmente, estrangeiros podem deter no máximo 20% do capital votante de uma empresa aérea que opera voos domésticos no Brasil.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos