ipca
-0,09 Ago.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Consumo aparente de aço sobe no Brasil em novembro

18/12/2017 15h51

O consumo aparente de produtos siderúrgicos, índice que reúne tanto a entrega das fabricantes no mercado interno quanto o nível de importação no país, terminou novembro em 1,6 milhão de toneladas, informou nesta segunda-feira (18) o Instituto Aço Brasil. Em relação ao mesmo mês do ano passado, o crescimento foi de 4,1%.


As vendas internas das usinas totalizaram 1,4 milhão de toneladas, alta de 6,7% na mesma base de comparação. Já as importações recuaram 27,2% entre os períodos, para 166 mil toneladas ? em valor, as importações aumentaram 2,9%, chegando a US$ 177 milhões.


O Instituto Aço Brasil também informa que a produção de aço bruto chegou a 3 milhões de toneladas no mês passado, expansão de 15,3% ante novembro de 2016. As exportações totalizaram 1,3 milhão de toneladas, alta de 14,1% na comparação anual, movimentando US$ 757 milhões (+55,1%).


Acumulado


No acumulado entre janeiro e novembro deste ano, o consumo aparente somou 17,6 milhões de toneladas, alta de 4,8% em relação ao mesmo intervalo de 2016.


As vendas internas nos primeiros 11 meses do ano totalizaram 15,5 milhões de toneladas, expansão de 1,4% na mesma base de comparação. As importações aumentaram 30,1%, para 2,2 milhões de toneladas.


A produção de aço bruto desde o início do ano foi de 31,5 milhões de toneladas, alta de 9,1% na comparação com o mesmo período do ano passado. As exportações somaram 13,9 milhões de toneladas, crescimento de 14,3% na mesma base de comparação.

Mais Economia