Bolsas

Câmbio

Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://economia.uol.com.br/album/2013/01/28/conheca-dicas-para-escolher-uma-corretora-de-valores.htm
  • totalImagens: 8
  • fotoInicial: 1
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20130128154335
    • Investimentos em ações [48232]; Bovespa [13232]; Ações [12995]; investidor [13372];
Fotos

CORRETORA NÃO É GESTORA. O planejador financeiro Álvaro Dias diz que o investidor não deve confundir os serviços fundamentais prestados pela corretora (fornecer o acesso ao ambiente de negociações da Bolsa) com serviços de gestão dos recursos. A confusão entre os tipos de serviços é citada pela CVM como um dos erros mais comuns dos investidores. Miguel Gutierrez/AFP Mais

UTILIZE A INTERNET. A CVM (Comissão de Valores Mobiliários) é o órgão do governo responsável pela fiscalização do mercado de capitais. No site (www.cvm.gov.br) é possível verificar se uma corretora de valores está regularmente registrada, bem como seu endereço e telefones. A BM&FBovespa tem uma ferramenta online que ajuda o investidor a escolher uma corretora de acordo com seus interesses e localização geográfica AFP Mais

PESQUISE OPINIÕES DE CLIENTES. Um conselho primordial: buscar a opinião de amigos e pessoas de confiança sobre a qualidade dos serviços de uma corretora Alex Almeida/Folha Imagem Mais

O ATENDIMENTO É IMPORTANTE. O primeiro contato com a corretora é um teste importante, para averiguar qual a agilidade e a eficiência da empresa para atender seus clientes. Esse quesito pode ser avaliado por meio de acessos pelo telefone ou por chat online Nelson Almeida/AFP Mais

SELECIONE CONFORME SEU PERFIL. "Um investidor que opera todo dia e outro que opera a cada seis meses vão ter necessidades muito diferentes", diz Frederico Swara, CEO e fundador do site Bússola do Investidor. Quem negocia diariamente precisa do sistema de home-broker (negociação pela Internet) mais rápido possível; quem faz negócios com menos frequência pode priorizar outras características da corretora, como por exemplo, a oferta de informações e material educacional Yasuyoshi Chiba/AFP Mais

ASSESSORIA PODE SER DIFERENCIAL. Se você está começando a investir no mercado de ações, ter acesso a uma corretora que fornece assessoria de investimentos, por meio de relatórios regulares e/ou acesso a consultores, pode ser um diferencial Yasuyoshi Chiba/AFP Mais

FIQUE ATENTO AOS CUSTOS. Negociar ações na Bolsa de Valores significa arcar com vários custos: taxas cobradas pela própria Bolsa e pela CBLC (a empresa responsável pela guarda das ações), além do Imposto de Renda, que o investidor não tem possibilidade de negociar. O que ele pode fazer é pesquisar com cuidado as corretoras com as taxas mais vantajosas. Vale a advertência: algumas corretoras que ofereceram serviços muito baratos para atrair clientes viraram campeãs na lista de reclamações da CVM há poucos anos. Stan Honda/AFP Mais

CORRETORAS DE BANCOS x INDEPENDENTES. Corretoras ligadas a grandes bancos podem ser mais cômodas para os investidores que já possuem conta corrente no grupo financeiro em questão; também podem bancar grandes equipes de analistas, responsáveis por relatórios que podem ser úteis para os clientes; corretoras independentes, no entanto, tendem a oferecer serviços mais ágeis e serem mais competitivas em termos de preços Folhapress Mais

Veja dicas para escolher uma corretora de valores

Mais álbuns de UOL Economia x

Últimos álbuns de Economia

UOL Cursos Online

Todos os cursos